Notas Musicais

Cinco anos sem Chorão, do Charlie Brown Jr

Cinco anos sem Chorão, do Charlie Brown Jr

Há cinco anos, Chorão, ex-vocalista do Charlie Brown Jr., foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo. Nesta terça-feira, centenas de fãs, amigos e Graziela Gonçalves, viúva do cantor, prestaram homenagens póstumas nas redes sociais. Na data de sua morte, Chorão tinha 42 anos.

“Lembra daquela estrela? Aquela mais brilhante, pra quem a gente pediu tantas coisas numa noite de verão e que virou tatuagem na nossa pele? É pra ela que eu olho quando eu quero falar com você . A luz é toda sua. Tenho certeza que você escuta. Não só a mim, mas a tantas pessoas que levam o teu nome nas orações que mandam pro céu. E assim você se torna eterno. Pra sempre gravado no coração de todos que te amaram e ainda te amam e que tem a certeza de que nada foi em vão”, escreveu Graziela em seu Instagram.

A carreira do artista nascido em Santos começou no final dos anos 1980, ao conhecer o baixista Champignon. Com Renato Pelado, Thiago Castanho e Marcão, montaram o Charlie Brown Jr., que gravou seu primeiro álbum, Transpiração Contínua Prolongada.

O disco trouxe sucessos como O Coro Vai Comê, Proibida pra Mim e Tudo que Ela Gosta de Escutar. Dois anos depois, mais hits com o disco Preço Curto, Prazo Longo. A música Te Levar foi usada como abertura do seriado Malhação, da Rede Globo. O CD seguinte, Nadando Com os Tubarões, foi o último do grupo com a formação original. Eles registrariam mais oito álbuns.

Jornalismo 92

6 de março de 2018

Menu Principal